Videoaula

Abordagens Alveolares – Árvore de Decisão

Você precisa estar logado para ver este conteúdo. Faça o Login para acessar.

Os implantes podem ser realizados em diferentes momentos após a extração. Em nosso protocolo clínico, geralmente realizamos o implante imediato ou adotamos algum tipo de manobra reconstrutiva para compensação da esperada remodelação alveolar, implicando na espera de 6 meses para a realização do implante. Nossa árvore de decisão, fundamenta-se na análise criteriosa dos seguintes fatores de risco estético: disponibilidade de osso residual; posição da margem gengival; presença de defeito ósseo na parede vestibular e biotipo periodontal. O entendimento combinado de todos esses fatores é fundamental para a tomada de decisão clínica. Em casos limítrofes, talvez pareça vantajoso estagiar o tratamento partindo da reconstrução alveolar, sob o risco, de errarmos no posicionamento tridimensional de implante imediatos. No entanto, se os fatores de risco estiverem sob controle, não há dúvidas que os implantes imediatos em áreas anteriores trazem benefícios operacionais e estéticos.