Video clínico

Explantação e regeneração óssea guiada na região anterior da maxila

Você precisa estar logado para ver este conteúdo. Faça o Login para acessar.

O vídeo descreve a explantação de 2 implantes maxilares anteriores, seguida da regeneração óssea guiada da região. O acesso cirúrgico foi realizado a partir de incisões suprecrestal deslocada para vestibular e 2 verticais relaxantes, permitindo o rebatimento de um retalho de espessura total. A liberação do retalho palatino foi cuidadosamente realizada para possibilitar mobilidade ao retalho e permitir o esvaziamento do canal nasopalatino com broca carbide. O implante da região referente ao elemento 11 foi explantado com dispositivo antirrotacional (Retrieval), enquanto o implante referente ao elemento 21 foi removido com extrator após a osteotomia com inserto piezoelétrico. A porção interna do retalho vestibular foi dividida para remoção do tecido fibroso, visando facilitar sua mobilização passiva. Em seguida foi realizado um acesso a região retromolar (incisão crestal e relaxante vestibular) para coleta de osso autógeno com broca coletora. A área doadodora foi estabilizada com suturas simples com fio de náilon 5.0. Na sequência a membrana reabsorvível de colágeno foi recortada, posicionada e fixada na região palatina utilizando tachinhas. O osso autógeno particulado previamente coletado foi misturado com biomaterial (matriz mineral heterógena bovina) numa proporção de 1:1. O preenchimento foi realizado por vestibular e palatino visando a reconstrução tridimensional do defeito. Na sequência a membrana foi posicionada e estabilizada por vestibular. Finalmente o retalho devidamente liberado foi estabilizado com suturas colchoeiro horizontal com fio de teflon 4.0, visando a completa a coaptação dos bordos. Notar que o tecido fibroso previamente removido do retalho vestibular foi interposto na área de menor volume tecidual para permitir o aumento do volume tecidual. Esse tecido foi estabilizado ao próprio retalho vestibular com o mesmo tipo de sutura colchoeiro. Algumas suturas simples com fio de náilon 5.0 finalizaram a estabilização das incisões relaxantes.