Aumento de Tecido Queratinizado em Protocolo Maxilar

Você precisa estar logado para ver este conteúdo. Faça o Login para acessar.

A presença de tecido queratinizado ao redor de implantes vem sendo amplamente discutida na literatura. Muitos autores sugerem que a presença desse tecido está relacionada à manutenção do osso peri-implantar e, possivelmente, à prevenção da peri-implantite.

Este vídeo clínico expõe uma sugestão de técnica cirúrgica para aumento do tecido queratinizado ao redor de implantes previamente instalados em um protocolo na maxila.

No lado direito, sugerimos uma técnica de divisão de tecido queratinizado de uma área adjacente ao implante. Após a incisão dividindo a espessura da área adjacente, foi removido um enxerto da porção interna do retalho. A área receptora então é dividida com a utilização de lâminas, e o retalho e enxerto estabilizado com suturas. No lado esquerdo, também foi realizada a divisão do retalho com Lâminas, para a adaptação de um enxerto livre removido com o auxílio de um dispositivo para remoção de tecido gengival, e estabilização com suturas.